domingo, 20 de julho de 2008

Domingo

Hoje de manhã fiquei sabendo que Dercy Gonçalves morreu. Apesar de parecer estranho, eu me choquei demais. Ela era uma daquelas pessoas que não morriam nunca, entende? Não poderia imaginar que isso fosse possível de acontecer apesar de seus 101 anos (ou 103, se 101 for contado a partir do registro) e apesar de achar que desde mais ou menos uma década pra cá ela já não era bem mais a mesma.






É incrível que eu to de férias a 20 dias e não fiz praticamente nada do que planejei.
Meu curso de photoshop está acabando, o Anima Mundi termina hoje sem eu ter visto nem metade dos curtas, não consegui ir a Paraty no início do mês para ver o Neil Gaiman na FLIP, não consegui ir a Juiz de Fora para fotografar meus amigos e rever o povo de BH, ainda não assisti Viagem ao Centro da Terra, Batman - O Cavaleiro das Trevas, Hancock, Agente 86, Kung Fu Panda, Sexy And The City e todos aqueles filmes que se assiste durante as férias. Meu dinheiro acabou, o que significa que não poderei mesmo assistir a esses filmes agora, e talvez nunca, pq me inscrevi em 9 matérias na faculdade.
O Anima Mundi foi a única coisa que me tirou um pouco da sensação de "não fiz nada ainda", comecei a ir desde de quinta. É por conta disso a minha falta de grana um pouco, além dos ingressos pra sessões eu também comprei dois DVDs do melhor do Anima Mundi (vol. III e IV).
Tive que comprar o III novamente por que não sei onde o que eu tinha foi parar. Por favor, se estiver na casa de alguém, me avisa!

Esse blog prativamente parado e cheio de coisas inúteis me mostra o quanto fiz pouco do que eu queria este mês...

De qualquer forma, graças ao youtube eu posso ver o que o Neil Gaiman andou dizendo na FLIP, e isso me deixou um pouquinho (só um tiquinho mesmo) menos triste por não poder ter ido.







Continuando...

Um video de Dercy no Jô, quando o programa dele não era na Globo, em 1995



domingo, 6 de julho de 2008

As paralelas se encontram no infinito

-Pra chegar na Maxwell a gente tem que subir essa rua, virar a direita e depois a esquerda.

-Então a gente vai virar na Teodoro da Silva

-Não! Não podemos virar na Teodoro da Silva pq ela é paralela a Maxwell! ... Pelo menos no ponto que eu estarei indo, pq elas na verdade se encontram lá na frente... Se bem que as retas paralelas se encontram no infinito...

-Arl, é!!!

-Arl! Então podemos dizer que elas são paralelas apesar de se encontrarem!!! Arl.

-É!!! Arl.


Exibir mapa ampliado