quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Encontros.

Se atrasar para os compromissos pode ser algo mais produtivo do que se imagina.
Ontem acordei tarde e presenciei algo totalmente inédito de meu melhor amigo. Por ter acordado tarde, tudo se atrasou. Fui para o Ateliê da Imagem para o curso que to fazendo lá. Quando peguei o ônibus do metrô, fiquei pensando na época de colégio, de como poderia ter aproveitado tudo melhor e por aí vai, enquanto pensava nisso, uma senhora com uma cara muito simpática entrou no ônibus. Olhei pra ela e pensei "Nossa! Parece muito com a minha professora de literatura/redação da terceira série! Só que mais velha." Ora bolas, isso foi a 15 anos atrás, claro que ela pareceria pelo menos 10 anos mais velha que naquela época. Então fiquei olhando e percebi que era ela mesmo! Não tinha mudado quase nada, a não ser os cabelos que estavam mais brancos. Quando estava quase saltando fui falar com ela. Não lembrava de seu nome, nem ela o meu, mas nos reconhecemos. Ela ficou feliz com o fato de eu ainda tocar violino. Disse que gostava muito de sua aula e que gosto muito de escrever, apesar de ainda ter problemas para ler.
Saltei e fiquei pensando como deveria ter me levantado antes para conversar, para poder falar de tudo que me ocorreu nesses últimos 15 anos, e saber como ela está e tudo mais.
Saí atrasada do curso por que estava tentando entender melhor como a câmera mecânica que eu peguei funcionava. O ônibus do metrô demorou a beça, fiquei tentada a pegar um comum. Ao entrar, nem acreditei que ela também estava voltando no mesmo ônibus!!! Aí a conversa foi mais demorada, trocamos telefones, dei o folheto da minha orquestra.
Quando ela saltou, uma garota sentada no banco ao lado me perguntou "Aquela era a professora Marília que dava aula no Pedro II?", eu disse que era e que eu também tive aula com ela. Falamos de como foi bom ter aula com ela, do PedroII, de como era difícil se decidir na vida, que música era muito bom, que artes visuais era muito bom, de como o sanduíche que tínhamos acabado de comprar no subway era muito bom... No fim, descobrimos um monte de coisas em comum e acabamos trocando contatos também.
Nossa! É divertido reencontrar as pessoas e ao mesmo tempo conhecer novas!

No final das contas, por ter me atrasado tanto eu voltei mais cedo pra casa e fiz um monte de coisas que sempre tenho que fazer e nunca faço. Também fiz coisas que não devia fazer e sempre faço. O saldo foi positivo no final (exceto na minha conta bancária).

Nenhum comentário: